Bolos

terça-feira, 3 de maio de 2016

Aventuras na terra do tio Sam

Ando feliz da Vida: vim para Quincy para a formatura da minha filha. O tamanho da alegria e do orgulho, nem sei como expressar! Imenso, na falta de um adjetivo mais adequado. Poucas vezes em minha vida pude experimentar um sentimento tão bom!
Como minha estada por aqui será de três semanas, o jeito foi alugar um studio: porém, por uma questão de sorte, acabei ficando um apartamento de dois quartos. Tenho até cozinha! E como tenho cozinha, let's cook!

Nota: por algum motivo que meu cérebro não acompanha, não consegui incluir as fotos. Elas estarão publicadas na página do face https://www.facebook.com/ohhceuss/


Aqui pertinho, pouco mais de um quilômetro, tem um supermercado muito bom, o Hannaford. Sem carro, vou a pé, volto a pé, com uma mochila carregadinha nas costas, e os itens mais leves na mão. Tem sido uma aventura e tanto! Mesmo com o frio que tem feito, depois que subo as escadas para o primeiro andar (as escadas mais lazarentas que já vi em minha vida), estou sempre com calor rsrsrsrs Vale a caminhada, o exercício, e principalmente, a diversão! 

Tenho duas panelas e uma frigideira. E não é que estou sobrevivendo??? Aos poucos, tenho adicionado alguns itens à cafeteira e à torradeira do apartamento. Já tenho um pequeno liquidificador, comprado no ano passado e que estava no dorm da minha filha, pacientemente esperando por minha volta. Agora, o plano é ter também uma batedeira, mas temo que minha filha tenha um piti. Cada vez que compro algo novo para deixar aqui, escuto o refrão "o que é que eu vou fazer com isso, mãe?". Well, haverá uma próxima estada minha aqui, espero. Tenho me feito de surda, o que às vezes funciona. 

Já fiz macarronada e strogonoff, que são dois dos pratos preferidos dela. Não tirei fotografia não: com duas panelas, diria que é difícil ter uma boa apresentação rsrsrsrs

Estou me divertindo com os pães de lata da Pillsbury. São espetaculares! Tem uma infinidade de tipos, são muito fáceis de preparar (tenho uma assadeira também, esqueci de contabilizar - foi para a pedalada kkkk) e cada vez me surpreendem mais. O flaky layers é um folhado redondo, já fiz sozinho e já fiz recheado. Mas a vedete continua sendo o croissant! Fiz recheado com mozzarella fresca (aqui acha-se numa boa e com ótimo preço) e presunto ( um presunto defumado, dos deuses, Oscar Mayer). Ficou de comer de joelhos! 

E calmaí: ainda espero fazer aquela receita que recebi da Angela (nossa querida Ora Pitangas), da page Jumble Joy. Let's see! Aguarde, Angelita!

No domingo, a aventura foi fazer uma sobremesa: o namorado da minha filha é um formigão! Queria fazer algo fácil, bonito e delicioso. A escolha pela panna cotta foi fatal, considerando-se que as frutas vermelhas estão lindíssimas no supermercado! 

Mesmo tendo usado umas vasilhinhas descartáveis, muito sem graça, para acomodar minhas pequenas meninas, fiquei muito contente com o resultado! E devo dizer que ficaram muito boas!

A receita que faço no Brasil leva 750 ml de creme de leite fresco, uma fava de baunilha, uma lata de creme de leite que são cozidos em fogo baixo. Depois, acrescento 1 envelope de gelatina sem sabor (dissolvida em 4 colheres de água fria e 15 segundos no micro ondas). 

Aqui, usei 1 caixinha de 473 ml de whipping cream e outra de heavy whipping cream, 1 lata de leite condensado que trouxe na mala, e 2 colheres de sopa de extrato de baunilha (não achei em favas). Usei 2 envelopes de gelatina sem sabor: dissolvi em 4 colheres de sopa de água fria e acrescentei 8 colheres de sopa de água fervente (não tenho micro ondas).

Para o coulis de frutas vermelhas (mirtilo, framboesa e amora), a receita foi a mesma: 300 g de frutas vermelhas, 2 colheres de sopa de açúcar demerara e sumo de um limão. Levar ao fogo até que as frutas estejam cozidas, mas não totalmente desintegradas (gosto de achar um pedacinho meio inteiro lá e cá)

Eu bem sei que a panna cotta original não leva leite condensado, mas, na minha cabeça, acompanhar uma receita by the book parece ser algo muito complicado rsrsrsrs

Veja bem: uma receita simples e muito fácil, e de grande efeito. Faça você também! Tire da cristaleira aquelas belas tacinhas reservadas para grandes ocasiões, e surpreenda quem você ama! Afinal, a vida é muito curta prá se usar tacinhas lindas só no Natal, certo??

Ainda volto com mais aventuras na cozinha improvisada de ohh céusss - o episódio compra-da-batedeira mal começou. 




11 comentários:

  1. que sensacional, imagino a felicidade que está vivendo neste momento, daqui curto cada pedacinho que você compartilha comigo. quanto cooking in america, é tudo de bom mesmo, seja feliz amiga, este é o meu maior desejo. beijo enorme

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, minha Angelita!! ������

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Muito legal Catarina, aproveite a viagem. Abraços. Jayme Brisolla Jr.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Aproveite, são esses momentos q chamamos Felicidades.Adorei sua aventura, lendo foi como se estivesse c vc.....foi delicioso......q venham muitas venturas....bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marilisa, foram momentos inesquecíveis! Felicidade purinha!!! Beijos

      Excluir
  7. Que legal, Catarina! Eu bem sei o que você está sentindo.É bem o que senti e o que fiz na casa da Lia , minha filha! Aproveite cada momento e vá nos contando as novidades.Adoro!
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lylia, você bem sabe o que é ficar longe de filha, né? Mas está valendo a pena! Beijos

      Excluir

Obrigada pela visita: espero que volte sempre! Deixe seu comentário,por favor! Caso não seja usuário cadastrado no google, deixe seu nome, entao eu saberei que o anônimo é você! Obrigada!